Pilates Clínico

O Pilates Clínico compreende uma variante aperfeiçoada do método Pilates, orientado para populações especiais que não possam ser incluídas nos planos tradicionais de prática regular e normal de atividade física e que tenham necessidades específicas de reeducar, reequilibrar e reforçar o seu sistema músculo-esquelético. Neste sentido, cada indivíduo será conduzido a explorar os benefícios do exercício de uma forma adaptada à sua condição de saúde, tendo em conta as suas limitações, patologias músculo-esqueléticas e/ou neurais. Desta forma, o Pilates Clínico pode ser praticado por pessoas de todas as idades e com diferentes níveis de condição física, com ou sem patologia. Corretamente executado sob orientação do Fisioterapeuta, revela-se extremamente seguro e altamente resolutivo, não provocando impactos nocivos para as articulações, ligamentos e músculos. Exige, naturalmente um conhecimento aprofundado de todo o corpo bem como das suas limitações.

cont3-2_1.jpg

O Pilates Clínico pode ser praticado individualmente, no caso de o aluno não apresentar condições físicas que o permitam integrar o contexto de turma, ou em contexto de grupo. Em qualquer dos casos, é feita uma avaliação prévia onde são também administrados os princípios básicos do Pilates Clínico, e as aulas têm uma média de duração de 45 a 60 minutos, sempre sob orientação de um Fisioterapeuta. Sendo esta uma actividade orientada para o contexto clínico e desempenho individual, exige um nível organizacional elevado, e por esse motivo, todas as aulas são programadas antecipadamente com consideração pelos aspectos particulares de cada praticante. Visa também o acompanhamento da evolução de cada aluno. Consequentemente, as turmas são de dimensão reduzida por forma a permitir o melhor acompanhamento possível.

O Pilates Clínico é uma forma de exercício que tem como base o trabalho de consciência corporal e integra um programa de exercícios específicos rigorosamente selecionados que fortalecem a musculatura abdominal e vertebral, desde os músculos mais profundos até aos mais periféricos, assim como exercícios de flexibilidade, mobilidade corporal e reeducação postural. Nas aulas de Pilates Clínico são abordados os oito princípios base: concentração, respiração, centro ou “Power House”, e ainda, controle, precisão e fluidez do movimento. A maioria dos exercícios do Pilates Clínico “Mat Work” são executados no solo, porque ao diminuir o impacto nas articulações, permite a recuperação de estruturas musculares, articulares e ligamentares. O objetivo é melhorar o equilíbrio entre desempenho e esforço, resultando em eficácia funcional: melhor postura, coordenação, respiração, flexibilidade, equilíbrio e tonificação muscular.

"Pilates redefine corpo e mente."

Eduarda Campos e Flávia Salé:
Fisioterapeutas, Osteopatas, Instrutoras de Pilates Clínico.